Como ter uma biblioteca acessível no ensino superior?

Tempo de Leitura: 3 minutos
livros-e-notebook-em-cima-de-mesa-dentro-da-biblioteca-fisica

Você tem dúvidas sobre como ter uma biblioteca acessível no ensino superior? Saiba que essa pode ser uma ação central para atrair alunos e evitar casos de evasão.

O ensino superior representa uma oportunidade de entrada ou crescimento de carreira. Além disso, muitas pessoas realizam seus objetivos, e até sonhos, ao escolherem um curso que proporcione uma mudança de vida.

Agora, além do esforço do estudante, do investimento e do comprometimento, o que mais é necessário para viabilizar esse projeto?

Algumas pessoas precisam mais do que isso. Elas precisam do apoio da IES, de entidades e da sociedade para terem assegurado o seu direito de acesso ao conhecimento.

Estamos falando das pessoas que possuem algum tipo de deficiência e que, muitas vezes, esbarram em barreiras que impedem ou aumentam suas dificuldades para a normalidade da sua rotina.

Retirar uma obra obrigatória de uma disciplina na biblioteca, por exemplo, pode ser um verdadeiro desafio e fator de frustração e desmotivação se os ambientes não forem preparados para receberem alunos com essas necessidades.

Mas, então, como ter uma biblioteca acessível? A seguir, saiba mais sobre esse tema e descubra uma alternativa eficiente para promover a acessibilidade na biblioteca de sua IES.

O papel das IES na promoção da acessibilidade na educação

As instituições de ensino superior, diante desse tipo de cenário, apresentam um papel de grande importância. Adotar medidas que promovam a inclusão de pessoas com deficiência não é só uma necessidade, mas é uma obrigação para receber e acolher adequadamente esses alunos.

Agora, de que maneira podemos garantir a acessibilidade? Há muitas formas. Hoje em dia, com o aumento da educação a distância, há a necessidade de que sejam feitas adequações não somente no espaço físico das instituições.

As plataformas digitais também precisam estar dentro de parâmetros de adaptação e seu acervo digital também deve estar de acordo com as regras.

Uma biblioteca acessível, por exemplo, não só oferece o diferencial para os alunos de uma instituição educacional como demonstra cuidado e ação prática para promover a inclusão e a acessibilidade na IES.

Acervo virtual: biblioteca acessível para promover inclusão

Nosso país tem a acessibilidade garantida por uma legislação, criada justamente para assegurar esses direitos.

Trata-se da Lei Brasileira de Inclusão (LBI), que tem em seu texto a orientação de que é “destinada a assegurar e a promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania”.

Dessa forma, adaptar é uma exigência legal. E adotar uma biblioteca acessível virtual é um passo importante nessa direção que, além de promover diferenciais, estará atendendo necessidades reais dos alunos e futuros estudantes da IES.

Com isso, o discente não precisará se locomover até a biblioteca física, enfrentando dificuldades e restrições de acesso. Tudo poderá ser feito online e os recursos já levarão em conta necessidades especiais de acesso.

Tecnologia como aliada: dicas para ter uma biblioteca acessível

Há diversas opções tecnológicas que contribuem para o desenvolvimento de uma biblioteca acessível.

De fato, o Ministério da Educação afirma que a acessibilidade na Internet está relacionada às recomendações do World Content Accessibility Guide (WCAG) e do Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico.

Assim, para uma biblioteca acessível, além de seguir o padrão internacional de acessibilidade, há também a possibilidade de disponibilizar livros digitais em Libras, oferecer interatividade, facilidade de busca e recursos de audiodescrição.

Há outras alternativas também como as tecnologias de Text to Speech (que oferece narração do que está escrito) e de Hand Talk (plugin de tradução em Libras).

No entanto, buscar soluções avulsas para compor um projeto de biblioteca acessível no ensino superior pode ser algo demorado, trabalhoso e contraproducente.

Para garantir com agilidade e eficiência um salto em termos de acessibilidade em sua biblioteca, a recomendação é buscar uma solução prática e completa, que reúna diversos recursos de acessibilidade.

Uma plataforma de biblioteca virtual, por exemplo, pode ser uma boa solução. Ela é desenvolvida alinhada às mais modernas práticas de usabilidade e aos padrões de acessibilidade internacionais, visando promover uma experiência intuitiva e qualificada para todos os estudantes.

Há bibliotecas que, além de um grande e constantemente renovado acervo, também contam com o recurso de Text to Speech e diversas opções de configurações visuais de leitura para as mais diferentes necessidades. E tudo isso atendendo aos requisitos legais do MEC.

Para saber mais sobre essa proposta, leia também nosso artigo sobre as vantagens de uma biblioteca virtual no ensino superior.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ler notícia universitarios-estudando-em-sala-de-aula-com-tablet Gestão de IES

Estratégias para modernizar o ensino na sua IES

10.jun.2021

Você está disposto a modernizar o ensino na sua instituição? Então, acompanhe as principais estratégias que devem ser adotadas para requalificar e inovar.

Ler notícia estudantes-de-universidade-em-sala-de-aula-participando-do-conteudo-com-professor-presente Tecnologia e Inovação

O que é a flexibilização curricular?

08.jun.2021

A flexibilização curricular é uma maneira de tornar a sua IES mais inovadora para os alunos. Saiba mais!

Ler notícia alunos-universitarios-em-reuniao-para-debater-atividades-complementares Gestão de IES

Atividades complementares: qual é a importância delas para a IES?

03.jun.2021

Saiba o que são atividades complementares, como elas fazem diferença em uma IES e qual é a melhor forma de incentivá-las!