5 tecnologias que toda instituição de ensino superior deve adotar

Tempo de Leitura: 3 minutos
estudantes-de-universidade-utilizando-tecnologias-para-aprendizagem

Em uma era dominada pela tecnologia, fazer parte deste avanço para a humanidade faz-se cada vez mais necessário em qualquer área. Mas, principalmente, nos cursos de ensino superior, a fim de preparar o profissional para as novas tendências em tecnologias que surgem e reinventam nosso mundo diariamente.

Além da necessidade de prepararem-se, os alunos do ensino superior estão cada vez mais antenados e se comunicando de forma diferente de anos atrás.

Isso faz com que eles já cheguem à IES esperando uma nova forma de aprender e interagir tanto com os professores quanto com os colegas.

Então, se você não quer que sua instituição de ensino superior pareça obsoleta nesse mercado tão competitivo e dinâmico, é fundamental buscar atualizações em tecnologias que sejam relevantes e tornem sua instituição mais atrativa, especialmente para as novas gerações de alunos nativos digitais.

Se você tem dúvidas de como fazer isso, continue a leitura e saiba mais sobre algumas das tecnologias que toda instituição de ensino superior deve adotar.

5 tecnologias importantes para sua instituição de ensino superior

A fim de propiciar um ambiente mais acolhedor e alinhado às expectativas destes estudantes tão conectados, as instituições de ensino superior devem oferecer soluções tecnológicas que ajudem a tornar a experiência de aprendizagem mais personalizada, imersiva, interessante e contextualizada aos alunos.

Ainda, é importante oferecer maior contato com ferramentas tecnológicas comumente utilizadas no mercado de trabalho, proporcionando uma formação mais alinhada às demandas das empresas e que permitem agregar diferenciais de carreira para os alunos.

Veja alguns exemplos disso:

1. Inteligência artificial (IA)

A inteligência artificial é uma alternativa de tecnologia para um aprendizado mais personalizado aplicado em escala.

Ela pode ser utilizada para desenvolver ou sugerir trilhas de aprendizado baseadas nos interesses prévios do aluno, para fornecer um autoatendimento mais ágil e eficiente, chatbot de assistência de ensino para atividades online, entre outras aplicações.

2. Impressora 3D

Conforme as tecnologias vão se popularizando e ganhando concorrência, elas também vão se tornando mais acessíveis. Esse é o caso das impressoras 3D.

Além de um custo-benefício atrativo, elas podem ser utilizadas para uma série de atividades na IES, como projetos de prototipagem, de arqueologia, medicina, design e tantas outras aplicações. Assim, ao invés de decorarem um conceito, os alunos poderão aplicá-lo na prática em uma atividade mais ativa e envolvente.

3. Tecnologias de gamificação

A gamificação faz parte do rol de caminhos para se adotar as metodologias ativas de ensino - aquelas que trazem o aluno para o protagonismo, tornando-o mais ativamente envolvido, motivado e responsável pelo seu desenvolvimento.

Ela permite que se desenvolvam tarefas práticas muito atrativas para os discentes. Além disso, cada vez mais vem sendo adotada nos meios corporativos, seja em programas de treinamento, de avaliação de desempenho e progressão de carreira, entre outros.

4. Realidade aumentada

Estudantes de engenharia utilizando uma pista de realidade aumentada para testar veículos autônomos em tráfego simulado.

Alunos de arquitetura construindo colaborativamente um imóvel virtual e modelando as condições climáticas para verificar como a edificação resiste ao vento ou ao granizo.

Parece ficção, certo? Mas já é algo que acontece em diversas instituições de ensino superior.

Uma das queixas mais comuns dos estudantes diz respeito à descontextualização das aulas com a realidade de mercado e a dificuldade de aplicação da teoria à prática.

As tecnologias de realidade aumentada podem ser adotadas para ajudar nessas questões e gerar diferenciais de mercado para a IES.

5. Biblioteca digital

Algumas das tecnologias que vimos, apesar do grande potencial que apresentam, também demandam certo tempo e um investimento tanto em termos de aquisição da tecnologia quanto em treinamentos.

Mas existe outra tecnologia que também pode diferenciar sua instituição de ensino superior no mercado e que tem uma implementação facilitada e um custo bastante acessível: a chamada biblioteca digital, também conhecida como biblioteca virtual.

Com essa tecnologia, sua IES pode acelerar a digitalização e ficar na vanguarda. A biblioteca virtual é uma forma de oferecer aos alunos acesso a livros digitais de onde eles estiverem.

Essas bibliotecas contam com um vasto acervo, atualizado constantemente, incluindo obras de bibliografias obrigatórias e complementares das disciplinas, de temas profissionais do momento e, ainda, literárias.

E tudo isso atendendo aos requisitos do MEC e oferecendo um ambiente acessível de inclusão para os alunos.

Se você ficou interessado nessa tecnologia, descubra como adotar a biblioteca virtual na sua instituição de ensino. ​

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ler notícia universitarios-estudando-em-sala-de-aula-com-tablet Gestão de IES

Estratégias para modernizar o ensino na sua IES

10.jun.2021

Você está disposto a modernizar o ensino na sua instituição? Então, acompanhe as principais estratégias que devem ser adotadas para requalificar e inovar.

Ler notícia estudantes-de-universidade-em-sala-de-aula-participando-do-conteudo-com-professor-presente Tecnologia e Inovação

O que é a flexibilização curricular?

08.jun.2021

A flexibilização curricular é uma maneira de tornar a sua IES mais inovadora para os alunos. Saiba mais!

Ler notícia alunos-universitarios-em-reuniao-para-debater-atividades-complementares Gestão de IES

Atividades complementares: qual é a importância delas para a IES?

03.jun.2021

Saiba o que são atividades complementares, como elas fazem diferença em uma IES e qual é a melhor forma de incentivá-las!