Como construir uma vantagem competitiva no ensino superior?

Tempo de Leitura: 3.5 minutos
estudantes-universitarios-de-frente-com-quadro-branco-debatendo-sobre-materia

Construir uma vantagem competitiva no ensino superior é um desafio para os reitores ou gestores de faculdades e universidades. Isso porque, hoje em dia, existem diversas opções para as pessoas interessadas em fazer um curso superior.

Com mais IES e a popularização da educação a distância, é preciso se diferenciar da concorrência e desenvolver estratégias para atrair e fidelizar alunos. Assim, a instituição seguirá sendo lucrativa.

5 estratégias para ter vantagem competitiva no ensino superior

Para que você possa conquistar uma vantagem competitiva e se destacar no acirrado mercado de instituições de ensino superior, preparamos algumas estratégias que podem ser adotadas. Confira, a seguir!

1. Faça ações de marketing de conteúdo

Dizem que quem não é visto, não é lembrado. Então, para que a sua IES seja lembrada pelos alunos, é necessário investir em publicidade.

No entanto, você pode ir além das mídias tradicionais, como os anúncios em emissoras de rádio e televisão, jornais e portais de notícias. Você também pode apostar no marketing de conteúdo!

Trata-se de uma metodologia em que a sua IES precisa ter as suas próprias mídias, como um blog ou canal no YouTube. Nesses canais, publique artigos, vídeos e outros formatos de conteúdo com assuntos que sejam de interesse do seu público-alvo.

É interessante que, nos textos, sejam trabalhadas palavras-chave, para que o conteúdo seja bem ranqueado quando as pessoas fizerem pesquisas sobre esses temas em buscadores como o Google.

Se grande parte do seu público são pessoas que precisam conciliar os estudos com o trabalho, por exemplo, você pode criar conteúdos dando dicas sobre como fazer isso com sucesso.

2. Invista no conceito de lifelong learning

Para ter vantagem competitiva em sua instituição de ensino superior, você também pode investir em um conceito chamado lifelong learning. Em tradução literal para a língua portuguesa, isso significa “a vida toda aprendendo”.

Vivemos em uma época em que tudo muda muito rápido e em que novas tecnologias surgem a todo instante. Por conta disso, os profissionais precisam se qualificar e atualizar sempre, para não ficarem ultrapassados e perderem espaço no mercado de trabalho.

A ideia do lifelong learning é possibilitar que as pessoas possam sempre continuar aprendendo e atualizando os seus conhecimentos. Para isso, precisam fazer cursos livres de curta duração, além de pós-graduações, de acordo com as ambições de carreira de cada um.

A sua IES pode criar estratégias de relações públicas para se manter sempre em contato com alunos que terminam os cursos de graduação. Uma ideia interessante é conceder descontos para  quem se formou na instituição e agora quer cursar uma especialização ou fazer um curso complementar.

Envie newsletters por e-mail, desenvolva estratégias nas redes sociais e pratique o marketing de relacionamento, em geral, para manter os ex-alunos engajados e dispostos a voltar para a instituição.

Com os cursos de curta duração e as pós-graduações, os alunos seguem aprendendo e se aperfeiçoando como profissionais, e a IES segue lucrando, mantendo a sua vantagem competitiva no mercado.

3. Valorize o seu corpo docente

É claro que todos os profissionais desejam ser treinados pelas pessoas mais experientes do mercado e da academia. Por isso, é importante que a IES valorize o corpo docente e busque sempre qualificar os seus professores.

Os professores da instituição devem ter domínio total sobre os assuntos abordados nas disciplinas que eles ministram. Além disso, é muito importante que eles tenham títulos de mestre ou doutor.

A remuneração dos professores deve ser compatível com o mercado e eles também precisam ter planos de carreira bem definidos e uma perspectiva de crescimento. Com essas ações, você evita a alta rotatividade no corpo docente.

Isso qualifica a instituição de ensino superior e faz com que as pessoas prefiram estudar nela e não em uma concorrente. Assim, você tem mais resultados positivos e mantém a competitividade no mercado.

4. Busque prêmios e certificações

Quando pesquisam por faculdades ou universidades para frequentar, muitos alunos buscam por prêmios e certificações que a IES tem. Por isso, é uma boa ideia tentar conquistar esses títulos.

Oriente os professores para que eles motivem os alunos a inscreverem trabalhos realizados na sala de aula em concursos, por exemplo. Também procure ter sempre representantes em congressos, apresentando as pesquisas feitas na IES.

Tudo isso faz com que a instituição seja vista com bons olhos pelas pessoas da comunidade em que você atua. A boa imagem atrai mais alunos e proporciona uma boa vantagem competitiva para as faculdades e as universidades.

5. Trabalhe com a flexibilização curricular

Uma excelente maneira para construir uma vantagem competitiva no ensino superior é adotando a flexibilização curricular. Existem plataformas inteligentes, como o Blox, que podem ser contratadas para essa finalidade.

A ideia da flexibilização curricular é que os alunos possam escolher as disciplinas que vão cursar na faculdade, de acordo com as suas ambições profissionais. 

Obviamente, algumas disciplinas devem ser obrigatórias nos cursos, mas outras podem ser escolhidas de acordo com a afinidade dos alunos. Essa flexibilidade atrai muito os estudantes, que já saem da graduação especialistas em determinada área.

Conclusão

Com essas estratégias que trouxemos, a sua instituição de ensino superior conseguirá manter mais vantagem competitiva e aumentar os lucros. Certamente mais alunos serão atraídos e vão querer fazer cursos na IES.

Quer saber mais sobre a flexibilização curricular? Confira o infográfico que numerou seis ganhos que o Blox traz para a sua IES. Boa leitura!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ler notícia Plataformas de Aprendizagem

Tecnologias digitais na educação: 6 motivos para aplicar na IES

05.ago.2021

Entenda a importância das tecnologias digitais na educação e conheça as principais razões para aplicá-las na sua instituição de ensino superior!

Ler notícia tecnologias educacionais no ensino superior jovem mulher aprendendo online em sua casa Plataformas de Aprendizagem

A importância das tecnologias educacionais para o avanço do Ensino Superior

03.ago.2021

O digital pode transformar a aprendizagem na instituição. Entenda as mudanças e praticidades que as tecnologias educacionais proporcionam para o Ensino Superior!

Ler notícia trilhas de aprendizagem tres colegas estudantes de diferentes etnias com notebook na mesa Plataformas de Aprendizagem

Trilhas de aprendizagem: você já conhece esse conceito?

29.jul.2021

As trilhas de aprendizagem combinam as necessidades dos estudantes com o conteúdo transmitido pelo discente. São fundamentais para o Ensino Superior.